A evolução dos dispositivos de armazenamento

A necessidade de armazenar dados gerados através de sistemas informatizados ou não sempre existiu. Quando nossos antepassados escreviam nas pedras informações para que depois pudessem relembrar ou revisar determinada informação já demonstrava com clareza essa necessidade. Portanto essa necessidade não é recente. O que evoluiu foram os dispositivos que armazenam esses dados. Se nossos antepassados utilizavam carvão para escrever em uma pedra, ou algo parecido, hoje temos inúmeras possibilidades de armazenar dados. Desde a pena e o papiro (folha de couro para escrever e/ou pintar, feita de tiras cortadas) método utilizado pelos antigos Egípcios até a forma mais atualizada de armazenamento, dentre elas o armazenamento em nuvem, decorrera12705657_571550513020141_6858947577653294260_nm-se em torno de 4.000 anos. Mas a evolução nunca foi tão grande quanto nos últimos 50 anos. A empresa conhecida mundialmente hoje como IBM foi uma das pioneiras nessa arte. Com denominação diferente (Computing Tabulation Recording Company) resultado da fundição de outras duas empresas Norte Americanas, desenvolveram um sistema para computação e armazenamento de dados do recenseamento dos EUA, no final do século XIX, que consistia na utilização de cartões perfurados para a realização do armazenamento.

Com o surgimento do computador pessoal na década de 70 a mídia de armazenamento potente da época eram os disquetes, que muitas pessoas com 20 anos hoje nem chegaram a utilizar. O tamanho físico dos dispositivos foi diminuindo e a capacidade de armazenamento aumentando. Chegou a era do CD-ROMpen drive (acho que dessa parte da história todos aqui lembram) e então a Nuvem. Isso mesmo, a Nuvem.

Apesar de ainda não ser muito comum e muitas pessoas ainda não saber o que significa armazenamento, ou computação na nuvem (Cloud Computing) ela está muito presente no nosso dia a dia. Se você utiliza internet você está constantemente tendo essa experiência. Na verdade a analogia com a nuvem se deve ao fato de que a internet como um todo é considerado a nuvem. Você está lendo esse artigo que escrevi sem saber onde ele está armazenado, e não, ele não está aqui no meu computador. Nem eu mesmo sei onde ele está armazenado. A única coisa que sei é que estou utilizando um serviço prestado por uma empresa que tem infraestrutura (equipamentos), política de privacidade (segurança dos meus dados) e outros itens que desconsidero no momento para que eu possa escrever esse artigo e disponibilizá-lo na nuvem, para quem quiser ler.

Se na sua empresa você utiliza aplicativos de escritório para desempenhar tarefas administrativas como o Office, saiba que esse serviço também está disponível na nuvem. Existem inúmeras empresas que prestam esse serviço, citarei como exemplo aqui o Google Docs, que são ferramentas similares aos aplicativos que você instala em seus computadores aí de seu escritório, e você poderá acessar de qualquer lugar e computador que tenha internet, claro que com suas credenciais. Vou citar aqui alguns aplicativos que você pode utilizar sem necessidade de instalação e manutenção no seu computador: agendas, editor de texto, editor de planilhas, editor de imagens, editor de formulários para pesquisa e análise de dados, entre outros inúmeros recursos. Talvez essa disponibilidade de recursos sem a necessidade de instalação em computadores e muito menos manutenção técnica seja, na minha opinião, uma das maiores vantagens. Um bom treinamento para uso dessas ferramentas com certeza trará ainda mais produtividade para sua empresa. É muito importante a atualização, visto que a evolução está sendo exponencial (muito rápida).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s